Projeto “Cidadania em discussão” – 1º Ano do Ensino Médio – 2º Trimestre de 2009

Cidadania pode ser definida como o acesso ao conjunto de direitos básicos como alimentação, saúde, segurança, saneamento básico, ensino, habitação e emprego, que devem ser completadas com informação, justiça e participação nas discussões e decisões políticas. Para muitos, coisas como essas fazem partem do cotidiano de uma forma “natural”, o que torna a discussão sobre cidadania um tema banal, uma coisa distante da “realidade” vivida. Mas sabemos que a responsabilidade pelos outros indivíduos de nossa espécie é um tema vital dentro da ética e também sabemos que a exigência de nossos direitos passa pelo cumprimento de nossos deveres. Ora, basta olharmos para a periferia da cidade onde moramos e veremos que essas coisas, tão comuns para nós, são objeto de preocupação constante e, muitas vezes, parte de uma vida inacessível, para grande parte da população.

Em seu sentido estrito cidadania refere-se à noção de direitos e deveres dos indivíduos para consigo, seus concidãos e para com o Estado, de modo direto ou indireto, seja na formação do governo e na participação nas decisões políticas e na condução dos negócios públicos. Assim, direitos e deveres estão atrelados na definição do exercício da cidadania, sendo o cumprimento dos deveres a condição da exigência dos direitos e a garantia dos direitos, exigência para a contrapartida de deveres, na perspectiva de cada cidadão consigo, com os outros e com a esfera pública.

Números da pobreza

No Brasil 9,8 milhões de pessoas vivem em situação de pobreza extrema.

No Brasil cerca de 9,8 milhões de pessoas vivem em situação de pobreza extrema.

Se considerarmos os números, a impressão é que viver num mundo onde não exista miséria é uma utopia. Desde 1992, quando as pessoas na linha de pobreza eram 35% da população, houve melhoras, e hoje aproximadamente 25% da população brasileira tem uma renda média de R$ 115,00 por mês. Cabe destacar que dentro deste número estão 5,33% da população que vive com menos de R$ 1,00 por dia. É muita gente, vivendo com muito pouco. Em números reais, 46 milhões de brasileiros vivem nessa situação. Lembre-se que falamos desse valor para pagar todas as despesas de uma pessoa durante um mês: alimentação, habitação, vestuário, medicamentos, sem falarmos em lazer, educação e informação.

Fonte: http://www1.folha.uol.com.br/folha/dinheiro/ult91u102805.shtml

O trabalho

Embora a discussão sobre cidadania não se reduza à discussão das causas e da manutenção da fome e da pobreza, esse é um enfoque importante, pois devemos considerar que se refere ao acesso aos bens básicos para a manutenção da vida, sem os quais, a instância política vê-se fragilizada e os cidadãos têm sua participação reduzida ou excluída no processo de tomada de decisões.

Nossa tarefa consiste em fazer uma descrição do filme “Ilha das Flores” e conectá-lo com as discussões sobre sociedade, comunidade e cidadania da Disciplina de Sociologia, ampliando o assunto. Ou seja, a análise do filme  é apenas o ponto de partida para abordar o tema, mas os grupos devem ampliá-lo o tanto quanto for possível, utilizando outras fontes para enriquecer sua reflexão.

– O texto deve ter, no mínimo, duas páginas em fonte tamanho 12, com espaçamento de 1,5 pontos entre linhas.

– Cópias desqualificam o trabalho, portanto as fontes consultadas devem ser indicadas e as transcrições de trechos devem aparecer entre aspas.

– Os grupos devem conter até 4 componentes.

– Os trabalhos valem 7 pontos para as disciplinas de Filosofia e Sociologia.

– A data de entrega dos trabalhos é 17 de agosto de 2009.

Anúncios

~ por Mauricio de Azevedo em 06/07/2009.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: