A Vida de Gale

O filme abre espaço para a discussão da pena de morte

O filme abre espaço para a discussão da pena de morte

Nesse filme de 2003, as provocações do diretor Alan Parker e do roteirista Charles Randolph, põem o expectador na posição mais comumente experimentada quando o assunto é pena de morte: a de julgar. A trama mostra a situação de um professor, ativista pelos direitos humanos contra a pena de morte, que é acusado e condenado por estupro e assassinato e está próximo de sofrer a punição máxima. O título sugere então não uma biografia, mas antes um julgamento: a vida orientada por princípios, contraposta às acusações pedem que o expectador assuma o lugar de juíz.

A história apresenta uma visão humanista, contra a condenação à execução, mas deixa margens para discutir a questão, mesmo para aqueles que apóiam a adoção de tal prática. Trata-se de fazer a leitura do filme, das pistas encontradas na própria obra, para sustentar nossa opinião sobre o tema, e que podem confirmar ou contrariar a visão  defendida pelo próprio autor. Esse é nosso objetivo, percorrer com o professor David Gale a cadeia dos acontecimentos que o puseram no “corredor da morte” e a partir disso mobilizar argumentos que sustentem a opinião defendida pelo grupo de trabalho: contra ou a favor à pena de morte.

Discutir a legitimidade da pena de morte pressupõe uma discussão sobre o papel e as atribuições do Estado. Para o sociólogo Max Weber o Estado moderno detém, além da presença do aparato administrativo para a prestação dos serviços públicos, o monopólio legítimo da força. Ou seja, além das abordagens que podem ser feitas à pena de morte sob os aspectos da justiça ou do direito, esse assunto envolve a consideração dos limites do poder do Estado, que, como promotor da paz e garantidor dos direitos dos indivíduos, poderia também e para isso, desautorizar o direito de viver a alguns de seus “integrantes”.

Anúncios

~ por Mauricio de Azevedo em 05/07/2009.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: